viernes, 5 de junio de 2015

" O PRISIONEIRO 33" - -Minha História: Cubano relembra prisão e tortura na Alemanha Oriental/ FOLHA.COM ANDERSON FIGO DE BERLIM

                                        Celda en la  Prisión Central de  Investigaciones de la Stasi
                                          Berlin-Hohenschönhausen.Foto JGVazquez


"Jorge Luís García Vázquez foi enviado à Alemanha Oriental em 1980 para ser intérprete de cidadãos cubanos que trabalhavam no país. O serviço de segurança de Cuba tentou recrutá-lo como informante.Em um de seus trabalhos, Vázquez acompanhou um músico cubano em uma turnê.A intenção do artista era não retornar a seu país de origem, e Vázquez o ajudou a contatar diplomatas dos EUA -mas as ligações foram interceptadas, e o tradutor foi preso..Fui detido em março de 1987 e colocado no núcleo de detenção central da Stasi [polícia secreta da Alemanha Oriental], em Berlim-Hohenschönhausen.Tentei ajudar o músico cubano a escapar porque pensei que posteriormente eu poderia utilizar esses contatos na embaixada americana com o mesmo objetivo, fugir de Cuba.A ideia era entregar aos EUA informações que poderiam ser de seu interesse...."

No hay comentarios:

Publicar un comentario en la entrada

Nota: solo los miembros de este blog pueden publicar comentarios.