Ir al contenido principal

Entradas

Mostrando entradas de junio, 2015

"O cubano que veio para o frio". Francisco Galope, em Berlim

O cubano que veio para o frio

"O muro de Berlim caiu entretanto. E, depois dos cinco anos, Jorge regressou à Alemanha e à "sua" prisão, entretanto convertida em museu onde é actualmente guia".
Gere as pausas entre frases como que a prender a atenção de quem ou ouve. "Quem entrava aqui estava condenado. Não havia fuga possível. Jorge Luís Vázquez, 50 anos, cubano guia grupos de turistas através da antiga prisão de Hohenschönhausen, um antigo estabelecimento prisional de Berlim, outrora operado pela temida polícia secreta da antiga RDA, a Stasi. 
Esta era uma das 17 prisões para prisioneiros políticos que existiram no território na parte comunista da Alemanha durante a Guerra Fria. Jorge conta que havia mais salas de interrogatório do que celas, numa proporção de 120 para 103. A luz naqueles corredores é fria e, estranhamente, ainda se sente o cheiro da ditadura, sobretudo nos pisos superiores onde se sucedem as salas de interrogatório, que têm o soalh…

" O PRISIONEIRO 33" - -Minha História: Cubano relembra prisão e tortura na Alemanha Oriental/ FOLHA.COM ANDERSON FIGO DE BERLIM

Celda en la  Prisión Central de  Investigaciones de la Stasi
Berlin-Hohenschönhausen.Foto JGVazquez


"Jorge Luís García Vázquez foi enviado à Alemanha Oriental em 1980 para ser intérprete de cidadãos cubanos que trabalhavam no país. O serviço de segurança de Cuba tentou recrutá-lo como informante.Em um de seus trabalhos, Vázquez acompanhou um músico cubano em uma turnê.A intenção do artista era não retornar a seu país de origem, e Vázquez o ajudou a contatar diplomatas dos EUA -mas as ligações foram interceptadas, e o tradutor foi preso..Fui detido em março de 1987 e colocado no núcleo de detenção central da Stasi [polícia secreta da Alemanha Oriental], em Berlim-Hohenschönhausen.Tentei ajudar o músico cubano a escapar porque pensei que posteriormente eu poderia utilizar esses contatos na embaixada americana com o mesmo objetivo, fugir de Cuba.A ideia era entregar aos EUA informações que poderiam ser de seu interesse...."
 http:/…

..."Raúl es un limpia-parabrisas en la Revolución. ..."General de Cuerpo de Ejército Rigoberto García Fernández

"......El limpia-parabrisas, cuando llueve, lo que hace es quitar el agua sucia para que veas y él ayuda a eliminar toda la basura que pueda afectar al proceso revolucionario...." 
Entrevista al General Rigoberto García Fernández / Luis Baez
http://www.granma.cu/granmad/2006/08/19/nacional/artic04.html
Informe revela la cara oculta de Raúl CastroFuente: Archivo CubaEn la lista hecha pública por Archivo Cuba, se destacan 86 fallecimientos en prisión, 46 suicidios de presos y 15 homicidios extrajudiciales.El gobierno de Raúl Castro tiene un impresionante historial de más de 200 casos de muertes y desapariciones en Cuba, de ellos 166 documentados, durante los siete años de su mandato, según revela la organización Archivo Cuba en su más reciente informe.http://www.martinoticias.com/content/informe-revela-cara-oculta-raul-castro-/30539.html" Recuerda Alles Soberon que cuando el proceso contra Huber Matos el comandante Cienfuegos le dijo que Ra…